•  
  •  
 

Title

Neoliberalização e Urbanismo Hegemônico no Campo dos Grandes Projetos Urbanos

Abstract / Resumen / Resumo

Processos de reestruturação urbana orientados pelas determinações globais da neoliberalização resultam via de regra na produção de formas urbanas e arquitetônicas fechadas, excludentes e hegemônicas. O artigo desvela parte da conexão entre os agentes econômicos dominantes e a ascensão e ampla disseminação de escolas hegemônicas de urbanismo formalista. Orientado pela análise de um conjunto de Grandes Projetos Urbanos localizados na Região Metropolitana de Belo Horizonte, recorre-se ao referencial teórico-metodológico de Pierre Bourdieu para avançar na compreensão de como essa articulação é estruturada em escala local. O estudo identificou um conjunto de práticas fundamentadas na reconfiguração das esferas decisórias caracterizadas pelo agravamento da assimetria de poder entre agentes do campo de produção desses projetos; e a hegemonia de escolas de urbanismo alinhadas aos interesses desses agentes, consolidando práticas de mediação entre as novas frentes de neoliberalização e as especificidades do contexto estudado.

Share

COinS